Por Dr. Gomes


Mais reuniões e blá blá blás inúteis. Com tanto desemprego em vista, coube a um grupo de desocupados se reunir da Câmara Municipal de Ribeira do Pombal para falar sobre o natimorto Projeto Tucano.

Na verdade, tal reunão não passa de mais um lenitivo de enganação pré-natalino.

Ocorreu o previsível: na medida em que se aproxima o Natal certas pessoas vão ficando mais bobas. É claro que o projeto não é mais do que realmente é: uma utopia eleitoreira. Se quem o idealizou não fez, outro governo vai fazê-lo?

E mais! Se o governo do PT acolher o projeto, o fará com outro nome. Como sói acontecer.

Por Dr. Gomes

O apagão do emprego em Ribeira do Pombal já começou a se desenhar. O promotor de justiça Ricardo Menezes notificou o prefeito Zé Grilo para demitir a parentada no prazo de 45 dias e informou que aproxidamente 600 pessoas estão impedidas de permanecer no serviço público municipal a partir de 1º de janeiro.

Este blog continua afirmando que cerca de 1.000 pessoas perderão o emprego, porque o promotor de justiça não pôs na sua conta todos os contratos temporários que se extinguirão em 31/12/06, conforme esclarecimento feito ontem neste espaço.

A única autoridade capaz de por fim à divergência de números, antes que o apagão do emprego ocorra em Ribeira do Pombal, é o próprio prefeito Zé Grilo, cuja pauta sugere-se aos competentes radiojornalistas da Educadora. Chamem-no para o debate!

Por Dr. Gomes

O Promotor de Justiça Ricardo Menezes declarou à Rádio Educadora que já notificou o prefeito Zé Grilo para encaminhar a relação de possíveis parentes sujeitos à exoneração. O prefeito terá 45 dias para demitir a parentada.

Por Dr. Gomes

Depois de livrarem os partidos nanicos da degola, dois ministros do Supremo Tribunal Federal partiram para a Cidade Maravilhosa, onde foram assaltados pouco tempo após o desembarque.

A presidenta da Corte, Ellen Gracie, e o vice, Gilmar Mendes, que a acompanhava, foram roubados e abandonados a pé na Linha Vermelha, da cidade do Rio, ontem, por volta das 22 horas.

– Foi chocante, muito chato. É algo realmente impressionante. Eles estavam fortemente armados, com máscaras nos rostos e, além de revólveres, carregavam armas pesadas, relatou o ministro Gilmar a um amigo.

Por Dr. Gomes

Ontem, o Tribunal Pleno da Suprema Corte brasileira, à unanimidade, julgou inconstitucional a cláusula legal que restringia a atividade parlamentar dos pequenos partidos políticos nas Casas Legislativas. A chamada “cláusula de barreira” também vedava aos partidos nanicos o acesso ao horário gratuito de rádio e televisão e a distribuição dos recursos do Fundo Partidário.

É claro! Os donos dos chamados partidos de aluguel já até anteciparam o carnaval por conta da boa nova.

Página 569 de 682« Primeira...102030...567568569570571...580590600...Última »